Blog Newsletter Scrappiness 4 You Digital Scrapbook Blog Design About Me Facebook Twitter Pinterest Contact

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Ferramentas - Slice

Meu mundo ficou muito mais divertido depois que eu conheci a Slice. Comentei com minha amiga Karla que queria comprar uma máquina para cortar figuras e a que eu conhecia era a Sizzix. Nem sei como explicar o que é: os modelos são uns placas com os desenhos (facas) que você compra separadamente, tem um mais lindo que o outro, mas são caríssimos! Daí você tem que passar essa placa com o papel embaixo (na verdade fica que nem um sanduiche) no meio de um rolinho compressor, que aperta a faca contra o papel fazendo um corte perfeito! Também existem placas que fazem texturas no papel, é um barato. Sei que minha explicação não foi lá grandes coisas, assim que sugiro olhar os vídeos do youtube ou visitar o site http://www.sizzix.com/.

Mas a Karla me falou uma coisa certa: as placas são fixas e o tamanho dos desenhos é sempre o mesmo. Então ela me apresentou à Slice, seu brinquedinho favorito, e agora o meu também! A Slice é uma máquina pequena e leve, muito fácil de usar. Tem um cartão de memória com desenhos, letras, números e palavras, que você vai comprando por separado, mas que tem uma vantagem incrível: dá pra escolher o tamanho! A maioria dos desenhos varia de 2 a 4 polegadas, pulando de meia polegada. E alguns começam em uma polegada, bem pequenos! A máquina já vem com um cartão e todos os apetrechos para começar a usá-la, o que facilita as coisas quando aquela coisinha chega às suas mãos!

Para cortar, você espalha a cola especial na base de vidro e DEIXA SECAR! Isso é muito importante, pois essa cola é só para manter o papel no lugar enquanto a máquina faz o corte, e se não estiver seca, vai melecar o papel! Depois que secar, você coloca o papel e pressiona toda a superfície, coloca a máquina exatamente sobre a base de vidro, insere o cartão de memória, escolhe o desenho, o tamanho, segura bem a máquina e inicia o corte! Ela vai fazer um barulho bem estranho enquanto corta, mas é assim mesmo. Quando acabar, é só levantar o papel com cuidado para não amassar (às vezes ele gruda muito!) Dá pra usar conectada à tomada ou só com a bateria, que tem autonomia de uma hora mais ou menos (depois ela começa a falhar no corte e é melhor ligar na tomada)

É legal adquirir também o kit de ferramentas, que contém uma espátula (ótima para descolar o papel), um suporte para espalhar a cola (que é melhor que o que vem com a máquina), uma tesoura, pinça e outros apetrechos legais. E existe também um estojo para guardar os cartões de memórias e seus "guias rápidos", uns livrinhos com os desenhos, letras, números e palavras que estão naquele cartão, ótimo para deixar tudo arrumadinho e sempre à mão.

Enfim, Slice é tudo de bom e eu recomendo!


terça-feira, 20 de outubro de 2009

Cartões

Simplesmente adorei fazer cartões!! É como se fosse um LO pequenininho e no lugar da foto a gente coloca algum detalhe bonito, uma flor, um adesivo fofo... E quando as mãos estão muito nervosas, é o ideal, porque dá pra fazer um monte de uma vez só.

Minha amiga Bia está tentada a começar, e deixo aqui meu empurrãozinho: "Vai lá, Bia!! Ânimo!!" Ela tem toda razão, uma vez que se começa, difícil parar, porque as possibilidades são infinitas!! Mas de verdade, quem quer parar?? Toda criação é algo único e pessoal, que coloca pra fora toda a arte que a gente tem dentro. Ajuda a relaxar, e quando vemos que as pessoas curtem nosso trabalho, a satisfação é imensa e cada vez queremos produzir mais. Começa a acontecer uma retro-alimentação que te dá impulso e no final é uma felicidade só! Apesar do cansaço, claro.

Até o site ficar pronto, estou postando os trabalhos lá no orkut, mas vou deixar uma pequena amostra aqui também:
Espero ter motivado a Bia um pouquinho!!!
Beijo imenso!

sábado, 17 de outubro de 2009

Ferramentas - Cortando círculos

Outra ferramenta bastante prática e útil é a que corta círculos. A da We R Memory Keepers é legal porque é magnética, ótima para ser usada com a base!! Dá pra ajustar o tamanho do círculo desejado, facilíssima de usar, porque o centro fica "preso" e é só girar o braço pra fazer o corte. Recomendadíssima!!


A coleção também inclui uma guilhotina, mas eu particularmente não achei muito prática, porque para fazer cortes "sensíveis" é complicado. Ou seja, quando você precisa cortar algo bem rente e ainda aproveitar o outro lado do que está cortando, é melhor usar a régua magnética e fixar o papel com ímãs. Desse modo, o corte sai mais exato e você consegue separar exatamente as cores dos dois lados do corte, sem deixar rebarbas.

19.02.2013 - Atualização da postagem

Hoje vi o comentário da Gisely, que me perguntava onde ela podia comprar essa ferramenta. Quando fui buscar a informação, descobri que esse modelo saiu de linha e foi substituído por um mais novo, olha só que lindo!!


Por isso, decidi vir aqui atualizar a postagem e disponibilizar os links pra vocês. E para comprar aqui eu recomendo a ScrapCenter, pois é uma loja séria que envia para todo o Brasil.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Ferramentas - Base de corte, furadores

Naquela primeira aula percebi que haviam algumas coisas essenciais que eu precisaria ter para começar meu novo hobbie. O principal, a base de corte. Auxiliada pela Lu, a professora (um encanto de pessoa, muito paciente, tirou todas as minhas dúvidas!), acabei escolhendo uma magnética da We R Memory Keepers, e recomendo. Ela vem com uma régua que também tem ímã, prendendo perfeitamente o papel. E prender o papel é muito importante na hora de fazer o corte, para não errar a reta. Porque não tem coisa pior que estar cortando e a régua mover ou o papel correr.



Durante a aula, utilizamos uns furadores muito bacanas que tinham formas variadas, e acabei comprando alguns. Os que eu mais gostei foram os da Marvy Uchida. Mas a verdade é que depois que você começa a fazer os trabalhos isso fica muito limitado, porque é necessário ter um furador para cada desenho e tamanho, e eles são caros! Não me desfiz dos meus, mas hoje utilizo outras técnicas de cortar papel também. Alguns dos que eu tenho:



E claro, papéis! Muitos papéis! Nesse primeiro dia procurei escolher temas de menino para montar o álbum do meu pequeno, que está sendo feito aos poucos (como é difícil selecionar e imprimir fotos, são tantas!). Mas também tinha muito rosa, vermelhos e marrons. Enfim, um pouco de cada coisa pra começar a brincar. Depois papssei na palearia e comprei cola em bastão (para casos especiais), fita dupla-face (que é o melhor para colar papel, você não termina com os dedos todos sujos), fita banana (ela é altinha e dá sensação de relevo), um estilete, régua grande, régua pequena... E mãos à obra!

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Primeira aula

Minha primeira aula foi na AC Álbum&Scrap, que descobri por acaso lá no Leblon. Um belo dia fui jantar no Aquim, mas cheguei cedo e resolvi dar uma voltinha por ali. Entrei num desses shoppings de rua com edifício comercial em cima e descobri a loja no subsolo. Juro pra vocês, devia ter alguém guiando meus passos, porque eu nunca acharia aquele lugar sozinha!

Quando entrei na loja não sabia nem pra onde olhar! Estava encantada, parecia um sonho. Estava tão fora de mim que peguei um panfleto e saí correndo, mas passei os três meses seguintes pensando no assunto, até que resolvi fazer uma aula. E o resultado foi esse bonito layout:



Já saí dali preparada para entrar em ação, e prometo falar mais das minhas descobertas no próximo post!

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Começando...

Isso é mais difícil do que eu imaginava... Não basta ter as idéias, tem que conseguir colocá-las no papel, ou melhor, na web. E depois de dias trabalhando no layout, pesquisando backgrouns e adicionando gadgets (não riam, até pouco tempo atrás isso pra mim era um personagem com mil invenções malucas debaixo de um sobretudo amarelo), eis que consigo postar algo. E algo já é um bom começo....